musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - PURIFICAR O SUBAé / MISéRIA - MARIA BETHâNIA - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Purificar o Subaé / Miséria letra


Purificar o Subaé
Mandar os malditos embora
Dona d'água doce quem é?
Dourada rainha senhora
Amparo do Sergimirim

Rosário dos filtros da aquária
Dos rios que deságuam em mim
Nascente primária
Os riscos que corre essa gente morena
O horror de um progresso vazio
Matando os mariscos e os peixes do rio

Enchendo o meu canto
De raiva e de pena
Purificar o Subaé
Mandar os malditos embora
Dona d'água doce quem é?
Dourada rainha senhora
Amparo do Sergimirim
Rosário dos filtros da aquária
Dos rios que deságuam em mim

Nascente primária
Os riscos que corre essa gente morena
O horror de um progresso vazio
Matando os mariscos e os peixes do rio
Enchendo o meu canto
De raiva e de pena
Purificar o Subaé

Mandar os malditos embora
Dona d'água doce quem é?
Dourada rainha senhora
Purificar o Subaé
Mandar os malditos embora
Miséria é miséria
Em qualquer canto

Riquesas são diferentes
Índio mulato preto branco
Miséria é miseria
Em qualquer canto
Riquesas são diferentes
Miséria é miséria
Em qualquer canto

Filho amigos amante parentes
Riquesas são diferentes
Miséria é miséria
Em qualquer cantos
Todos sabem usar os dentes
Riquesas são difenretes
Miseria é miséria
Em qualquer canto

Riquesas são diferentes
A morte não causa qualquer espanto
Miseria é miseria
Em qualquer canto
Riquesas são diferentes
Miséria é miséria
Em qualquer canto

Duentes aflitos carentes
Riquesas são diferentes
O Sol não causa mais espanto
Miseria é miseria
Em qualquer canto
Cores raças castas crenças
Riquesas são diferentes

O Sol não causa mais espanto
O Sol não causa mais espanto
Miséria 'miséria
Em qualquer canto
Riquesas são diferenças
Cores raças castas crenças

Riquesas são diferenças
Índio mulato preto branco
Filhos dos amigos amante parentes
Fraco duentes aflitos carentes
Os riscos que corre essa gente morena
O horror de um progresso vazio
Matando os mariscos e os peixes do rio

Enchendo o meu canto
De raiva e de pena
Purificar o Subaé
Mandar os malditos embora
Dona d'água doce quem é?
Dourada rainha senhora
Amparo do Sergimirim

Rosário dos filtros da aquária
Dos rios que deságuam em mim
Nascente primária
Os riscos que corre essa gente morena
O horror de um progresso vazio
Matando os mariscos e os peixes do rio

Enchendo o meu canto
De raiva e de pena
Purificar o Subaé
Mandar os malditos embora
Purificar o Subaé
Mandar os malditos embora
Purificar o Subaé

Maria Bethânia - Letras

©2003 - 2022 - musicas.mus.br